Escolha um clube: Você está em: ACCTB » Diretoria
 
Notícias
 
 
REGULAMENTO CAMPEONATO MUNICIPAL DE CARABINA APOIADA

REGULAMENTO DO CAMPEONATO MUNICIPAL DE CARABINA APOIADA
EXERCÍCIO 2009

Blumenau, 14/04/2008
Regras Técnicas
Regras Técnicas

Aprovadas no Conselho Arbitral de 07/02/94 e Assembléia Geral de 21.01.2005. Extraídas em parte de “Regras Técnicas Especiais para Carabinas de Pequeno Calibre" - ISSF
 
Artigo 4.2a - O peso da carabina não poderá ultrapassar a 08 (oito) quilos. Medida padrão para coronhas: A espessura deverá ser exatamente a mesma originalmente produzida pelo fabricante.
 
Artigo 4.2b - Não pode ser acrescentado material que forneça empunhadura adicional no fuste, punho, chapa da soleira ou nas partes laterais e inferiores da coronha. (Do Conselho Arbitral) - Será obrigatório à adaptação de uma plataforma com pino padrão, fornecido pela federação.
 
Artigo 4.2c – Miras
1. Lente corretora (do grau) dos óculos podem ser colocadas na borracha do Dióptero, sendo que será permitido apenas uma lente de grau e uma colorida.
 
2. Não será permitido o uso de lentes com qualquer grau na massa de mira.

3. Qualquer mira que não tenha lente ou sistema de lentes é permitida. Filtros de luz podem ser colocados na alça e na massa de mira.
 
4. O tapa olho pode ser fixado na carabina ou na alça do óculo ou boné de tiro.

5. É permitido usar prolongamento de mira, prisma e adaptação para atirar com olho esquerdo.
Item Único — Fica determinado a livre colocação de patrocínio nos alvos, desde que respeitados as seguintes normas:
—    O tamanho da letra não poderá ultrapassar a 1 (um) centímetros de altura;
—      O tamanho do Logotipo ou Emblema do patrocinador não poderá ser superior 2,5 (dois e meio) cm de altura por 1,5 (um e meio) de largura;
—      Ambos, letra e logotipo, deverão ser impressos somente na parte de baixo dos alvos.
 
6. O atirador deverá,  ao manusear a arma durante a montagem, desmontagem, limpeza e ou deslocamento dentro do Stand de tiro fazê-lo com o ferrolho aberto. Caso seja flagrado com o ferrolho fechado recebera por parte do fiscal de prova uma advertência verbal e se insistir será desclassificado da etapa.
 
7. Toda e qualquer reclamação de irregularidade ou uso de equipamentos ou acessórios não permitidos deverão ser feito a ACCTB de forma escrita, constando onde aconteceu, quem as praticou e com a assinatura do fiscal, diretor de prova e pelo menos duas testemunhas. As reclamações verbais ou que não conter as assinaturas e um relatório condizente do ocorrido serão considerados nulos pelos diretores da ATÉ.
8. Não será permitido o uso de qualquer material ( guardanapos, lenços ETC. ) entre a base da arma e o apoio do stand. Caso for flagrado o atleta recebera por parte do fiscal uma advertência e no caso de reincidência o mesmo será desclassificado da prova.
 
 
DA PROVA
Artigo 1º - A apuração será efetuada manualmente por pontos inteiros X-10-9-8......e registrados na súmula do atirador.
Artigo 2º - A munição será fornecida pelo Clube promotor somente C e na quantidade necessária para a realização da etapa.
Parágrafo primeiro – Deverá ser observada pelos fiscais, caso for flagrado usando outra, o clube será desclassificado na etapa.
Parágrafo segundo – Caso o atleta ou o Clube tenha sua própria munição poderá utiliza-La, desde que seja da marca C ou outra de fabricação nacional
Artigo 3º - Fica instituído o uso obrigatório do alvo oficial, ou seja, o de 10 (dez) zonas.
Artigo 4º - Cada atirador usará 10 (dez) alvos, obrigatoriamente numerados de 01 (um) a 10 (dez), mais um alvo para ensaio.
Artigo 5º - Para o ensaio o número de tiro é livre.
Artigo 6º - Para aquecer a arma, os tiros deverão ser dados no alvo de ensaio, caso contrário o atirador será desclassificado da prova.
Artigo 7º – O atirador não poderá dar mais de 01 (um) tiro no alvo de prova (valendo), caso isso aconteça, será considerado o tiro de menor valor. É de responsabilidade do atleta verificar antes de díspar verificar se o alvo já foi trocado.
Artigo 8º – Quando ocorrer problemas na trincheira (mais de 5 minutos), o atirador terá direito a mais 01 (um) alvo para ensaio.
Artigo 9º - O tiro disparado que não atingir o alvo será considerado nulo, podendo ser repetido. Uma vez que atingir a parte branca fora da zona de tiro será considerado 0 (zero).
Artigo 10º - A prova será realizada somente aos sábados, seguindo as datas pré-determinadas pelo Calendário Oficial da ATÉ Blumenau.
SÁBADO - Inscrições e início da prova às 13:30 horas com seu término para as 19:30 horas (baixa os alvos).
 
Parágrafo Único - Caberá ao Diretor da prova decidir sobre a prorrogação do horário de encerramento (sábado e ou domingo), caso seja necessário em decorrência de fatos alheios ao andamento da mesma. Falta de energia, tempo nublado, etc.
Artigo 11º - O clube promotor deverá designar no mínimo 02 (dois) fiscais de prova, sendo que os mesmos deverão ser atiradores filiados na ATÉ Blumenau, com conhecimento das normas e deste regulamento.
Artigo 12º - Os atiradores não poderão reservar o Stand/Box. Devem sim, atirar conforme a ordem de chegada e colocação das súmulas na mesa . O atirador quando colocar a luneta ou a arma no Box de tiro deverá iniciar a competição em no máximo 10 (dez) minutos, caso não o faça, deverá retirar sua arma deixando livre o Box para que outro atirador possa ocupa-lo, caso não o faça estará sujeito a uma advertência por parte do Diretor da Prova. Persistindo, será desclassificado da prova.
Artigo 13° - O clube participante poderá designar um representante para verificar a trincheira, quando achar necessário.
Artigo 14º — Poderão participar do Campeonato, maiores de 8 anos de ambos os sexos, acompanhados dos pais ou responsáveis.
Parágrafo Único - As equipes não sã obrigadas a inscrever os atletas com antecedência, somente no dia de qualquer uma das etapas.
Artigo 15º - No dia da competição e durante o Campeonato, cada atirador poderá representar somente um clube ao qual seja filiado.
Artigo 16º - Todo clube participante deverá inscrever no mínimo 10(dez) atiradores, e o número máximo será  ilimitado.
Parágrafo único- Caso o clube não cumprir perdera o direito de pleitear a sediar de uma etapa no ano seguinte.
Artigo 17º - O clube sede devera fixar em local visível e de fácil acesso uma copia deste regulamento e da segunda etapa em diante uma copia da classificação individual e por equipe. Esta copias deverão ser solicitadas pelo e mail :  Sr Antonio pelo e mail  antonio@plasandre.com.br e SRa. Josi pelo e mail josi@imobiliariaconexao.com.br .ou no Site da ACCTB
DA CLASSIFICAÇÃO E PREMIAÇÃO
Artigo 18º — Para a classificação das EQUIPES, serão considerados os 06 (seis) melhores atiradores de cada equipe, considerando-se a soma dos 10 (dez) tiros totais por inteiro disparados na prova.
Artigo 19º — Para a classificação INDIVIDUAL - MEDALHAS, serão considerados a soma  dos 10 (dez) tiros disparados na prova.
Artigo 20º - Como premiação o clube promotor oferecerá o seguinte:
* 03 (três) troféus para as primeiras equipes melhores classificadas na etapa;
* 10 (dez) medalhas para categoria única.

Artigo 21º - Para o desempate individual na etapa será adotado o seguinte critério:
1º - Maior quantidade de 10 (dez).
2° - Maior número de X (xis).
3° - Maior quantidade de 10 (dez) em ordem regressiva.
4° - Maior quantidade de X (xis) em ordem regressiva.
5° - Melhor tiro a partir do último alvo, caso persistir o empate, regredir até desempatar.
PARÁGRAFO único: Para o desempate individual ao final do campeonato será considerado a soma dos 5 melhores etapa usando os critérios acima, exceto o item 5º, caso persistir será feito pelo critério acima independente ser for ou não um dos cinco melhores resultados.
Artigo 22º - No desempate por EQUIPE ao final do campeonato, o critério será o de maior número de 1o, 2o e 3o lugar. Persistindo o empate, valerá o da última etapa.
Parágrafo único: Para o desempate por equipes na etapa será adotado o seguinte critério:
1º - Maior quantidade de 10 (dez) dos 6 (seis) atiradores classificados.
2º - Maior quantidade de X (xis) dos 6 (seis) atiradores classificados.
3º - Maior quantidade de 10(dez) em ordem regressiva dos 6 (seis) atiradores classificados.
4º - Maior quantidade de X (xis) em ordem regressiva dos 6 (seis) atiradores classificados.
DA PREMIAÇÃO DA ACCT Blumenau.
Artigo 23º - No final do Campeonato municipal a ACCT Blumenau fará a seguinte premiação:
EQUIPES - Troféu para os 03 (três) primeiros classificados.
INDIVIDUAL - Troféu para os 03 (três) primeiros classificados.
ATLETA REVELEÇÂO – Troféu para os 05 (cinco ) Primeiros colocados que completarem 20 anos ou menos no ano em curso, e que ainda não conquistaram este troféu.
DO CAMPEONATO MUNICIPAL DE BLUMENAU DE CARABINA APOIADA
Artigo 24º - A contagem de pontos para as equipes para no campeonato municipal, será pelo sistema de número de pontos ao primeiro colocado conforme o número de equipes participantes (ex. 12 (doze) equipes participantes, 12 (doze) pontos ao 1º colocado, 11 (onze) pontos ao 2º colocado e assim sucessivamente).
Artigo 25º — Para a classificação Geral Individual será descartado o pior resultado, sendo até (seis) etapas; se for 7(sete) ou mais 2(dois) descartes.
Artigo 26º - O valor da inscrição será de R$ 10,00 (dez reais) por atleta.
Parágrafo primeiro: Será oferecido pelo clube promotor em forma de sorteio 4 (quatro) caixas com 12 (doze) latas de cerveja ou refrigerante.
Parágrafo segundo: Será oferecido pela ACCT de Blumenau na forma de sorteio uma arma de ar-comprimido mira aberta, sendo que está será sorteada ao final do campeonato. (o clube que já foi sorteado uma vez, ficará excluído do próximo sorteio, até todos ganharem uma arma. A forma de sorteio desta arma será a seguinte: Todos atiradores ao comprar sua inscrição receberão uma via amarela que será devidamente preenchida de forma clara com seu nome e o nome do seu clube e será acumulado ate a ultima etapa, sendo então feito o sorteio , caso ao ficha sorteada for de um clube já premiado se repetira novamente.
Clubes já sorteados ate o ano de 2.008: Cruzeiro, Itoupava Alta, 1º de Janeiro, Concórdia Itoupava, Velha Central ,  Passo Manso e Itoupavazinha.
Parágrafo quarto: Os alvos e sumulas serão por conta do clube promotor devendo os mesmos serem adquiridos da ACCT de Blumenau.
DOS CASOS OMISSOS
Artigo 27º - Os casos omissos neste regulamento serão resolvidos pelos diretores de Carabina Apoiada.
Parágrafo único: Cada clube deverá indicar um diretor para resolver esses casos.
Data das etapas: 18/04  Texto Salto
                         30/05 Harmonia ( será realizada no 1º de Janeiro)
                         20/06 a definir
                         29/08 a definir
                        19/09 a definir
                        07/11 a definir (esta data poderá ser trocada pelo dia 17/10 caso seja necessário)
Clubes que tem direito a sediar uma das etapas que estão em aberto Concórdia da Velha , Concórdia da Itoupava, Garcia Jordão,Velha Central e 1º de janeiro que já desistiu.
 
                         Caso um destes três clubes não tiver interesse em sediar será sorteado um dos cinco que sediaram no ano de 2.008, exceto o clube Fortaleza, pois o mesmo já foi sorteado no ano anterior.               
                                                        
                                                 
                                             .   
  
  
  Associação dos Clubes de Caça e Tiro de Blumenau - Rua Pedro Zimmermann - 10.377 - Itoupava Centra - Blumenau/SC | Fone: (47) 3339-0590 |
Desenvolvido por Vale da Web